Rede de Estações Evaporimétricas

Esta rede mede a evaporação na bacia. A estimativa da quantidade de água perdida por evaporação em corpos líquidos é de extrema importância para estudos hidrológicos, pois determinam a fiabilidade de locais propostos para a construção de barragens ou represas, e auxiliam a determinação de procedimentos da sua operação. Evaporação é o processo de transferência de água líquida para vapor do ar directamente de superfícies líquidas, como lagos, rios, reservatórios, bolsas de água, e gotas de orvalho. Do ponto de vista profissional, esta variável é entendida como perda de água.

 

A rede evaporimétrica da ARA-Zambeze é ainda limitada, e compreende 5 (cinco) estações Tanque Classe A, distribuídas pelas regiões de Zumbu-Sede, Posto Administrativos de Muze, Chipera, Chintopo e cidade de Tete. Esta rede visa essencialmente apoiar na estimativa do balanço hídrico da albufeira de Cahora Bassa. 

 

 

Rede de Estações Evaporimétricas da Bacia do Zambeze

 

 

O tanque Classe A é um recipiente metálico de forma circular com um diâmetro de 121 cm e profundidade de 25.5 cm. Em cumprimento dos critérios estabelecidos pela Organização Mundial de Meteorologia (WMO), a medição de evaporação no Tanque Classe A é realizada diariamente às 9:00h da manhã, directamente numa régua e micrómetro de gancho, instalados dentro do tanque através da diferença entre os níveis: actual e do dia anterior, sendo compensados os valores de precipitação registada. 

 

Estação Evaporimétrica de Zumbu